Aparelhos Autoligados

Os aparelhos autoligados foram inicialmente idealizados em 1930 por Stolzemberg e durante todas essas décadas foi sendo mais estudado e aprimorado até os dias atuais.




Os braquetes autoligados são acessórios ortodônticos nos quais o fio é colocado sem a necessidade de utilização das "borrachinhas"; isso porquê os mesmos apresentam uma porta embutida que prende o fio na canaleta do braquete.


Para o paciente é mais confortável que o aparelho convencional pois devido a não utilização de borrachas, diminui significativamente a retenção de placa bacteriana.




Dentre as principais vantagens dos braquetes autoligados citado por MACEDO, está a biomecânica de deslizamento com baixa fricção, o que garante um deslizamento e dissolução de apinhamentos mais rápida que os braquetes convencionais o que, em teoria, garantiria um tratamento mais rápido. Porém outros estudos dizem que o tempo ganho não é tão grande quanto se pensava.


A mecânica ortodôntica com o uso desses aparelhos não pode ser usada em todos os casos, cabendo ao ortodontista avaliar os casos individualmente. Mas sem dúvida e um passo a frente nas pesquisas da área.


Referências:

* MACEDO, A. Tratamento ortodôntico com bráquetes autoligados, Ortodontia SPO, n. 41, p.324-9, 2008.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo